Inicio  ›  Recrutamento e seleção  ›  Recrutamento de pessoas: como encontrar o candidato perfeito
Recrutamento e seleção

Recrutamento de pessoas: como encontrar o candidato perfeito

Recrutamento de pessoas

Um bom processo de recrutamento de pessoas é fundamental para encontrar o candidato perfeito para sua empresa.

Uma das funções do departamento de RH mais conhecidas é o recrutamento de pessoas. No entanto, esse trabalho pode ser confundido com outro: o de seleção de pessoas. E ainda que ambos tenham muito a ver com a captação e contratação de novos talentos por uma empresa, existem alguns contrastes.

Hoje vamos focar no primeiro: o recrutamento de pessoas — nós dividimos para que você perceba todas as diferenças entre eles. Desde o que é o recrutamento de pessoas até suas fases ou os tipos que existem em sua atualidade.

O que é o recrutamento de pessoas de uma empresa?

Quando falamos de recrutamento de pessoas, nos referimos ao processo de identificar e atrair potenciais trabalhadores à empresa: candidatos que devem se adaptar às necessidades não só do cargo, mas também aos valores do seu negócio e da cultura organizacional em geral.

Trata-se da fase anterior à seleção —seu objetivo é encontrar os postulantes dentre os quais serão selecionados os futuros funcionários — incluindo todas as ações e recursos voltados à obtenção de dados, a investigação e o uso de fontes que nos permitam obter essa informação.

Sua importância é tão grande que quanto melhor for o processo de recrutamento em RH, melhor será também o processo de seleção. Além disso, um bom recrutamento de pessoas em uma empresa permitirá:

  • Contar com os melhores candidatos;
  • Encontrar um maior número deles.

Para dar conta de todas essas funções, existe a área de recrutamento de pessoal, composto por especialistas que são encarregados de encontrar o melhor talento por meio de suas diferentes técnicas.

Tudo o que você precisa saber sobre Recrutamento e Seleção de pessoas
Recrutamento e seleção de pessoas: 5 diferenças

Diferenças entre seleção e recrutamento de pessoal

Vamos seguir com as diferenças entre seleção e recrutamento de pessoas para compreender melhor o termo. Enquanto o recrutamento ajuda a encontrar o candidato, a seleção escolhe qual deles é o ideal. Isto é, o recrutamento publica a oferta de vaga em diferentes fontes e portais, faz uma pesquisa passiva e, em geral, adota os meios necessários para conseguir postulantes.

Dito isso, o recrutamento do pessoal inclui também as chamadas estratégias de Employer Branding, técnicas que ajudam a conseguir candidatos. Estamos nos referindo ao fato de cuidar da sua imagem de marca empregadora para conseguir que os postulantes queiram trabalhar contigo e, inclusive, que procurem por uma oportunidade de emprego sem a necessidade de existir uma oferta.

As 10 etapas essenciais da seleção de pessoas
O que é uma seleção de pessoas e por que é tão importante

4 tipos de recrutamento de pessoal

A rigor, encontramos tantos tipos de recrutamento de pessoas quanto classes de empresas. No entanto, eles são amplamente divididos em quatro tipos diferentes, dependendo se a empresa está procurando talentos tanto fora como dentro dela mesma — e dependendo se faz ou não com as últimas tecnologias.

Recrutamento de pessoal externo

No recrutamento de pessoal externo o talento é buscado fora da empresa. Trata-se do recrutamento de pessoas mais conhecido e pode acontecer de diferentes formas e por diferentes fontes. Por exemplo, podemos buscar o talento:

  • Em serviços de emprego;
  • Na internet. Nas fontes de recrutamento de pessoal externo, como portais de emprego premium, universidades, intercâmbios, entre outros;
  • Terceirizar o processo: com uma agência de recrutamento de pessoas especializada. De todo modo, pode ser feito para reforçar o trabalho do departamento de RH;
  • Apostar em um headhunting: principalmente se precisa de um candidato sênior.

Ao chegar a esse ponto, é fundamental abordar a importância da escolha das fontes de recrutamento de pessoas. Este é o lugar onde a oferta de trabalho será publicada. Infelizmente, se não tivermos o software de recrutamento certo, isso pode levar a processos longos e tediosos.

Software de recrutamento e seleção de pessoas

A propósito, nossa plataforma permite publicar suas vagas em até 80 fontes diferentes a partir de um mesmo lugar e automatizar o processo.

Isso quer dizer que, em um só lugar, o recrutador pode publicar as vagas e centralizar todo o recebimento de currículos. O sistema, além disso, permite padronizar esses currículos, fazer uma triagem otimizada de todos eles e enviar emails automáticos aos candidatos dependendo da fase do processo em que se encontram. Isso ajuda a economizar em custos operacionais e a fase de recrutamento é aprimorada.

Recrutamento de pessoal interno

O recrutamento interno é aquele que aposta em detectar um talento que já trabalha na empresa, isto é, ele analisa que profissionais atuais poderiam ocupar a vaga que se requer. No entanto, nem sempre é fácil obter essa informação. São necessários constantes programas de formação, avaliações de desempenho, entre outros.

También puede interesarte:  8 testes psicométricos chave dentro do processo de recrutamento e seleção de pessoas

Para conseguir isso, é possível ativar diferentes sistemas:

  1. Programa de referências;
  2. Programas de promoção interna;
  3. Recontratação de fuga de talentos.

Recrutamento misto

Este método de recrutamento de pessoas se encontra no meio do caminho entre os anteriores. Isto é, engloba tanto o recrutamento interno como o externo. Seu maior benefício é que oferece mais oportunidades aos diferentes talentos e que não deixa vaga ser preenchida. Entre outras vantagens para a empresa e para os profissionais, também permite:

Recrutamento por indicação
  • Evitar a zona de conforto;
  • Gerar um plano de carreira;
  • Encontrar maior capacitação profissional;
  • Estimular a competitividade dentro da empresa;
  • Economizar custos: é um processo mais econômico e mais rápido que o externo.

Recrutamento 2.0

Mesmo que possamos falar bastante sobre o recrutamento de pessoas 2.0, é possível fazer um resumo sobre esse recrutamento deu um passo à frente e se adaptar às novas tecnologias e redes sociais. O conceito segue abrangendo todos os processos concebidos para encontrar um talento, mas tem em conta métodos mais inovadores.

Assim, conta com desde comunidades virtuais até o uso de ferramentas e aplicativos específicos que permitem agilizar todo o recrutamento de pessoal. Tudo com as vantagens com essas vantagens: economia de custo e de tempo e criação de imagem de marca.

sistema de recrutamento e seleçao

Passos do recrutamento de pessoas

Análise das necessidades de recrutamento de pessoas

Avaliar o talento de uma empresa e detectar carências é essencial para garantir que a contratação faça sentido e seja encaixada em uma função correta: contratar profissionais que cumpram os requisitos que a empresa procura e que garantam o cumprimento dos objetivos.

Início do recrutamento de pessoas

Começa a busca por profissionais. Quando chegar a esse ponto, a empresa deve estabelecer o tipo de recrutamento que vai implementar. Isto é, se a própria empresa ou se uma terceirizada vai gerenciar o recrutamento de pessoal.

Nesta fase, é fundamental que a oferta e os requisitos nela incluídos sejam claros, que seja transmitido exatamente o que a empresa procura e que a proposta seja competitiva e tenha condições atrativas.

Recebimento de currículos

Nesse momento, o software de recrutamento e seleção vira um protagonista. Graças a sua tecnologia e às técnicas como as killer questions dentro da triagem de currículos, fica garantido que apenas cheguem à última fase do processos os candidatos que realmente cumprem com as exigências da empresa.

Sistema de recrutamento e seleção

Perguntas de exclusão, etiquetas, filtros, triagem por habilidades, competências, conhecimentos…

Seleção após o recrutamento de pessoal

Não há recrutamento sem seleção. Nesta fase, são escolhidas as pessoas que melhor se adaptam às demandas da empresa, entre todos os candidatos recrutados. Para tomar decisões, os candidatos geralmente devem passar por várias fases:

Ferramenta scorecards

Com as scorecards, indicamos as habilidades necessárias para um trabalho e assim peneiramos os candidatos para que somente aqueles mais adequados para o trabalho passem.

Testes no recrutamento de pessoas

Testes psicométricos garantem que a decisão seja adequada aos responsáveis ​​pela equipe. Ou seja, buscam verificar se a experiência e as competências indicadas em seu currículo estão no nível esperado pela empresa.

Provas psicometricas

Entrevistas durante o recrutamento de pessoas

Existe uma fase de entrevistas em que se conhecem os candidatos e se observa como ele vai se encaixar na equipe e como pode ajudar a melhorar os objetivos.

Informar e contratar o candidato selecionado

É preciso ter cuidado tanto no contato com os candidatos que não foram selecionados (no futuro eles podem voltar a participar dos processos de recrutamento de pessoal) quanto na comunicação com o próximo funcionário da empresa.

Chatbot para recrutamento de pessoas

Assim que você experimentar, vai poder ver o quão bom é otimizar a fase de monitoramento e comunicação com um sistema de recrutamento e seleção

Contratação

Com a assinatura do contrato e o início da carreira do trabalhador na empresa, a fase de recrutamento de pessoal não se encerra. Faltam ainda a indução de pessoal e o processo de onboarding.

Estudo de caso de recrutamento de pessoas: IKEA

Para mostrar como seria a aplicação de uma estratégia de longo e curto prazo para o recrutamento de pessoal e para resumir este artigo com um exemplo concreto, traremos o caso da IKEA, empresa holandesa de móveis domésticos, presente em diversos países do mundo. 

A IKEA precisa preencher centenas de vagas todos os anos. Portanto, ainda que seja uma marca bem conhecida nos países em que atua, ela precisa de uma estratégia de recrutamento de longo prazo.

A IKEA incentiva o recrutamento de pessoal interno. Essa costuma ser sua primeira estratégia: tentar preencher as vagas de promoção interna. Nesse caso, o recrutamento é mais direto, quando se decide que uma pessoa pode ocupar um cargo, não é comum tentar analisar o cargo ou desenvolver um profissiograma. Isso fica evidente porque já seria feito de acordo com as políticas de RH.

Por outro lado, no momento da realização desta promoção, a IKEA tem um programa de formação para incentivar a transição destes funcionários para novas vagas.

No caso de não ser preenchido internamente, é então que entra em jogo o recrutamento externo. Então, o cargo é analisado para criar uma oferta de trabalho atrativa e precisa para o candidato.

Como já dissemos, a IKEA é uma empresa bem conhecida e, por isso, não é difícil realizar ações de Employer Branding. Apesar disso, ela desenvolve estratégias para melhorar a sua reputação. É por isso que ela tem as vagas disponíveis em sua página de carreiras.

Outra via de recrutamento externo é a relação de parceria com escolas e associações. Nessas meios externos, eles garantem ter cerca de 200 currículos por ano, o que alimenta um banco de dados de candidatos que atende às suas necessidades.

ATS de recrutamento e seleção com multiposting

Deixe um comentário

[1 vez por mês]
[1 vez por mês]