Home  ›  Gestão de pessoal  ›  Como fazer um organograma de uma empresa
Gestão de pessoal

Como fazer um organograma de uma empresa

Organograma de uma empresa

O organograma de uma empresa é um recurso crucial para o departamento de RH.

Saber como se estrutura o pessoal de uma organização é fundamental em Recursos Humanos. Ter o organograma apropriado é de grande ajuda. Quando chega o momento, porém, surge uma questão: como fazer um organograma de uma empresa da forma correta? 

Explicamos um sistema de organograma que o ajudará a dimensionar e estruturar adequadamente sua empresa.

O que é o organograma de uma empresa?

O organograma de uma empresa é uma representação visual ordenada de cada uma das estruturas organizacionais que compõem a organização.

É um sistema que identifica as cadeias de comando, como os colaboradores são agrupados, sob quais departamentos e as funções e relações hierárquicas de pessoal. Sempre marcado por critérios de gestão e políticas de RH. Desta forma são lançadas as bases da empresa, com informação essencial para coordenar vários aspectos da produção, negócios e relações interpessoais.

Com nosso software de organograma você pode projetar a estrutura de sua empresa em apenas algumas etapas. O mais importante? Como um organograma automatizado da empresa, não importa quão grande é a empresa ou quão complexas são as relações de trabalho.

Software Organograma

Você irá receber um organograma de empresa completo e personalizado em apenas alguns cliques e com atualização constante. Veja como cada departamento está organizado com foto, cargo e nome de cada colaborador 8 tipos de organogramas de uma empresa.

8 tipos de organogramas em uma empresa 

Os organogramas estão sujeitos ao foco e à perspectiva da organização. Portanto, alguns trabalham mais do que outros, de acordo com os interesses.

Organograma funcional ou estrutural

Organograma funcional

O organograma funcional pode ser considerado como um organograma vertical. No entanto, é reconhecível porque estabelece a estrutura da organização com base em funções

Começa a partir de um CEO ou líder e depois é dividido em departamentos. Por exemplo, o marketing reúne todos os especialistas da área; a produção reúne todos os responsáveis do setor e as vendas reúnem todos os responsáveis por essa tarefa. Em termos gráficos, é desenvolvido verticalmente.

Esta estrutura destaca-se pela sua ordem, é organizada de acordo com as competências de cada colaborador, de modo que todos os departamentos trabalhem sob a abordagem global da empresa e assim evita problemas que afetem a produtividade no trabalho.  

Se você procura uma dinâmica de trabalho integrada, o organograma funcional não é a melhor opção porque, devido a estrutura, existem barreiras entre departamentos.

Como o software ajuda a construir um organograma funcional?

Através de um sistema simples de usar, a ferramenta gere e dimensiona as diferentes áreas da organização, por meio de áreas gerais e específicas. 

Facilita a divisão de funções dos diferentes departamentos que atendem aos objetivos na escolha das tarefas, de acordo com as habilidades do colaborador, e reduzem o risco de duplicação dentro do organograma funcional.

organograma

Organograma matricial

Organograma matricial

Este organograma combina estruturas verticais e horizontais, um organograma que está dividido em duas áreas. 

Os cargos e departamentos estão divididos de acordo com as funções, enquanto que, por outro lado, existem as divisões da organização. A hierarquia está dividida em duas linhas separadas com direitos iguais. 

Ou seja, a maior parte dos trabalhadores estará em contato constante com ambas as linhas. Graficamente é representado com linhas verticais e horizontais que integram as diferentes áreas.

Organograma vertical ou linear

Organograma vertical ou linear

Outro exemplo é o organograma vertical ou também chamado organograma linear que, ao contrário do organograma horizontal, representa a estrutura de cima para baixo, o CEO ou líder hierárquico no topo e subordina o resto das áreas e colaboradores. 

O organograma vertical é geralmente o mais utilizado, devido a sua simplicidade e porque se baseia na hierarquia para desenvolver a distribuição; válido tanto para pequenas como para grandes organizações. É considerado um dos mais antigos e mais clássicos organogramas empresariais. Esta estrutura é um pouco mais rígida em termos de autoridade e responsabilidade. 

Os gestores terão de acompanhar mais de perto os trabalhadores, para que não se sintam bloqueados ou limitados nas suas funções. A pesquisa de clima organizacional são uma forma muito eficaz de conhecer o clima de trabalho latente dentro de um organograma empresarial.  

Organograma horizontal

Organograma horizontal

O organograma horizontal é apresentado da esquerda para a direita, com as pessoas de maiores hierarquias na extrema esquerda. As escalas hierárquicas seguintes são afixadas à direita. 

Esta estrutura traz formalidade à organização. Dependendo da comunicação e do tipo de relação entre as partes, encoraja as ligações horizontais, sem que as hierarquias fechem a porta a diferentes opiniões e ideias se for estimulada uma dinâmica de diálogo.

Como as ferramentas tecnológicas ajudam neste esquema?

Por meio do software de pesquisa, podem ser feitas consultas personalizadas, seguras e privadas, é incentivada uma dinâmica dialógica de participação contínua. É importante que os colaboradores se sintam valorizados.

Uma forma de fazer é através desta ferramenta de gestão de pessoas que nos permite conhecer as ideias e preocupações dos diferentes integrantes da empresa.

sistema pesquisa clima organizacional

Organograma hierárquico

Orgranograma hierárquico

O organograma hierárquico está inserido nos verticais. É reconhecido porque descreve as relações entre áreas de forma escalonada, partindo de um setor com maior autoridade e estabelecendo assim ligações com os outros integrantes.

A partir deste ponto de partida, tanto os departamentos como as divisões que os compõem são destacados, sempre submetidos a autoridade mais alta ou à direta da empresa

Se houver problemas para estruturá-lo, um sistema de organograma facilita essas tarefas através de uma plataforma simples, da qual tanto os papéis como as linhas de comando são claramente definidas para simplificar vários processos. Da mesma forma, o processo de novas admissões é acelerado.

Organograma misto

Organograma misto

O organograma misto funde o organograma horizontal com o vertical. Partindo de uma área principal e atuando como diretor, as várias áreas são implantadas de cima para baixo e, horizontalmente, os departamentos que a compõem.

Esta estrutura é amplamente utilizada em organizações que têm muitos empregados e divisões.

Organograma circular

Organograma circular

Ao contrário do organograma horizontal, do organograma vertical e do organograma funcional, o organograma circular coloca a pessoa ou departamento com a hierarquia mais alta como eixo da estrutura. Em torno da sua figura ou setor, o resto dos componentes é inserido, formando um círculo que vai de dentro para fora.

A sua estrutura dissolve as hierarquias, facilitando a integração entre áreas. Uma forma de avaliar a eficácia desta distribuição de departamentos é ter um software de avaliação e comparar o desempenho com um tempo anterior a este sistema estruturante ou com outro departamento.

Organograma de uma microempresa

Organograma microempresa

As microempresas, devido ao seu tamanho, têm geralmente organogramas microadministrativos nos quais não existe uma estrutura extensa. Deve-se ter em mente que isto depende do número de pessoas que a compõem e das responsabilidades que cada um tem dentro dela.

Contudo, a utilização de organogramas microadministrativos não é exclusiva da transformação digital das PME. Como veremos abaixo, uma empresa maior pode usar este tipo de organograma para apresentar parte da sua organização.

USAR ESTA FERRAMENTA PARA CRIAR TODO TIPO DE ORGANOGRAMAUm software 100% online utilizado por PMEs e grandes empresas.

Por que é importante saber como fazer o organograma de uma empresa

Mas por que é tão importante saber como? Entre outros, porque permite conhecer esta informação chave para coordenar as diferentes áreas do negócio. Ou seja, porque lhes dá um cenário. Além disto, é uma forma de dimensionar melhor a organização e assegurar um crescimento natural e em linha com a estratégia global da nossa entidade.

Infelizmente, é comum associar o organograma empresarial às empresas mais tradicionais. No entanto, nada poderia estar mais longe da verdade. Existem diferentes tipos de organogramas de empresas, dependendo do setor. Cabe a nos escolhermos o melhor modelo e adaptá-lo a atualidade. Uma decisão para a qual devemos saber como fazer um organograma de uma empresa.

Também não podemos perder de vista o fato de que a estrutura de uma organização tem um impacto direto na produtividade da empresa (Impact of Organizational Structure on Organizational Performance). Mais uma razão para o conhecer em pormenor e para o ter o mais claro possível.

Também não podemos perder de vista que a estrutura de uma organização impacta diretamente no desempenho organizacional. Mais uma razão para conhecê-la em detalhes e tê-la o mais claro possível. A avaliação de desempenho é um processo chave para medir o desempenho dos trabalhadores quando a estrutura da empresa ou uma determinada ação é alterada.

A primeira coisa que precisamos conhecer para saber como fazer um organograma são os elementos chave que devem conter um bom organograma empresarial. Ou seja, quais dados devem ser refletidos. Entre eles encontramos: a cadeia de comando, o escopo de controle e os departamentos da empresa.

Ciclo vida colaborador

Como fazer um organograma: 8 etapas essenciais

Definir a cadeia de comando

Conhecer a cadeia de comando é essencial. Trata-se de determinar a hierarquia do trabalho. Em suma, qual é o papel e deveres de cada colaborador; quantos níveis de comando existem, bem como quem toma decisões e quem lidera quem.

Embora este seja um aspecto fundamental numa empresa muito hierárquica, todas as empresas devem ter um organograma para facilitar a gestão dos seus Recursos Humanos. Mesmo que mantenham uma organização mais horizontal.

Por exemplo, se um empregado tem dois superiores – dos quais depende – pode ser confuso. Se não se estabelecer que responsabilidades cada um tem sobre aquele colaborador, esse poderá receber instruções diferentes. Isso pode ser resolvido através da definição adequada da cadeia de comando.

O que é um organograma

Com um sistema de organogramas de empresas, você vai deixar de definir hierarquias e configurar permissões para cada novo trabalhador. O software de RH definirá quais funcionários têm acesso a cada informação, permitirá definir exceções e permissões especiais para gerenciar documentos ou processos corporativos.

Como fazer um organograma: segmentar os departamentos

A criação de departamentos é essencial para a organização adequada de uma empresa. Isto facilita à criação de planos de carreira, a formação para departamentos específicos e, em geral, a direção de ações para todos os grupos de colaboradores.

Esta é uma tarefa de análise de posição. Durante este processo, você já deve ter registrado em que consiste cada trabalho e poderá criar famílias e departamentos, que podem trabalhar independentemente ou em conjunto. Isto é algo que se deve refletir no organograma de uma empresa.

Esta é uma tarefa de análise de posição. Durante esse processo, você já deve ter registrado o que cada trabalho consiste e famílias e departamentos podem ser criados. Estes podem trabalhar independentemente ou juntos. Algo que deve refletir o organograma de uma empresa.

Sistema de Organograma

Atribuir tarefas e responsabilidades a cada grupo

Se tiver dúvidas sobre como fazer um organograma de uma empresa, você deve saber que é bom delegar tarefas e responsabilidades específicas a cada grupo de colaboradores. Desta forma, é possível detectar redundâncias no trabalho e se existem sobreposições de responsabilidades.

Determinar o alcance de controle 

O alcance de controle está diretamente relacionado com o conceito anterior. Esta é a amplitude de comando de um colaborador, ou seja, se ele tem muitos colaboradores sob seus cuidados ou poucos.

Recomendamos-lhe que leia também: Tipos de Sistema RH e como implementá-los. Quais os tipos de software para Recursos Humanos que existem, e qual o melhor deles?

Como fazer um organograma: ir de cima para baixo

Para elaborar o organograma de uma empresa pode utilizar as análises de trabalho que já possui na empresa. Comece pelo Diretor Executivo da empresa e continue com as posições que reportam ao Diretor Executivo, aos chefes de cada departamento, aos quadros intermediários, até aos níveis mais baixos. Em resumo: ir de cima para baixo.

Certifique-se de que oferece uma visão global

Ao determinar como fazer um organograma empresarial, é importante assegurar-se de que este oferece uma visão global da empresa, ou seja, de toda a equipe de pessoas que fazem parte dela.

É a forma mais fácil para os colaboradores identificarem toda a estrutura da organização e conhecerem as suas reais possibilidades de movimentação interna. Um processo que é intrinsecamente transparente em relação às responsabilidades de todos os profissionais de uma empresa.

Certifique-se de que o seu organograma melhora a tomada de decisões

Se ainda não sabe como fazer um organograma empresarial ou tem dúvidas sobre se o seu é o mais apropriado, veja outra questão: Ele lhe ajuda a tomar melhores decisões? Você utiliza em momentos-chave da sua estratégia empresarial? Caso contrário, algo está errado.

Um bom organograma de trabalho permite aos gestores identificar tarefas em curso e dimensionar o desenvolvimento de novas estratégias e projetos empresariais. É praticamente uma garantia de equilíbrio global

Como fazer um organograma da empresa: um desenho intuitivo

Uma vez que o objetivo final de um organograma é ilustrar as relações comerciais, o desenho será um ponto-chave. Ou seja, deve ter um layout de fácil compreensão e utilização, especialmente quando se trata de gráficos de organização digitais ou em linha.

Em resumo, ter um organograma empresarial o ajudará na gestão dos processos de RH de rotina e no piloto automático.

O software de organograma empresarial designará automaticamente quem é responsável pela aprovação e supervisão das funções básicas da empresa (alocação de tarefas, criação de planos de treinamento, controle de férias, controle de tempo).

Importaçoes de organograma de uma empresa

Além disso, a migração será fácil. Com nosso software, facilitamos o modelo de transição – sistema automatizado. Importamos automaticamente todos os dados e permitimos a edição em massa de informações.

Para empresas com menos de 50 colaboradores

Nossa equipe de consultores criou um excelente modelo de organograma que o ajudará a criar um organograma simples, incluindo apenas a lista de colaboradores em sua empresa. Esta solução permite que você tenha um resultado rápido, atraente e fácil de compartilhar.

Quando usamos tal modelo para uma empresa, é necessário nos perguntarmos se o modelo reflete corretamente a estrutura da organização. O mais provável é que a resposta seja não.

Estes modelos não oferecem escalabilidade, algo que vai complicar a representação da empresa quando ela crescer, acrescentar mais funcionários, departamentos e áreas. Portanto, será necessário recomeçar do zero.

Além disso, eles não têm regras de privacidade para salvaguardar os dados, nem oferecem ferramentas de atualização e acessibilidade para que o organograma possa ser facilmente consultado e atualizado.

Para empresas com mais de 50 colaboradores

Neste ponto, não podemos parar de falar sobre a ferramenta Bizneo HR para gerar organogramas para as PMEs e grandes empresas. Ela permite criar organogramas acessíveis de qualquer lugar e dispositivo com conexão a Internet, mantendo um design ágil e cuidadoso.

Outras vantagens são que ajuda os gerentes e chefes de equipe a gerenciar a carga de trabalho e as unidades que eles supervisionam. Além de ser interativa e sua manutenção é automatizada.

Entre outros, possui uma ferramenta de design drag and drop (de arrastar e soltar), um sistema de modificações maciças em poucos cliques, buscas com dropdowns, etc. Também é escalável para organogramas com milhares de colaboradores.

Organogramas sincronizados com seu BB. DD.

Exemplo do organograma de uma empresa: estudo de caso

Para entender melhor os conceitos discutidos e como fazer um organograma sob medida para as necessidades de nossa empresa, vamos fazer um estudo de caso especial: Starbucks. Este é um modelo que funciona como nenhum outro. Especificamente, a Starbucks tem um organograma matricial, ou seja, híbrido. Ela se baseia em várias divisões.

Primeiro, ela determina a organização funcional. Segmento, por exemplo, por Recursos Humanos, Marketing, Vendas. Esta é a maneira mais tradicional de criar um organograma. Este primeiro elemento é simples, o CEO aparece e abaixo dele cada um dos departamentos.

Mas eles acrescentam outras divisões, tais como geográficas. Mais três divisões emergem de cada um dos departamentos: América, China e Ásia-Pacífico e, finalmente, Europa, Oriente Médio e África. Esses, por sua vez, estão subdivididos em Oeste, Noroeste, Sudeste e Nordeste.

Assim, existe um Chefe de Marketing. Cada um dos três chefes das várias divisões se reporta a ele, que por sua vez estão a cargo de outros quatro gerentes. O próximo nível é representado pela divisão de produtos. Café, produtos cozidos, xícaras e assim por diante. E finalmente, a última de todas as divisões é a divisão da equipe. Esta última divisão é dada em restaurantes e inclui uma equipe para cada uma das filiais.

Organograma da Coca Cola

Entre os exemplos de organogramas, destaca-se o da Coca Cola. A multinacional americana aplica um organograma microadministrativo.

O objetivo deste organograma é ser informativo e disponível para o público. Por esta razão, eles compartilham apenas algumas partes da organização e não mostram as relações entre os diferentes componentes da organização.

Seu organograma parte de um escopo geral, no qual é sugerida uma estrutura hierárquica, e expressa ao público as áreas administrativas e suas relações umas com as outras. Ele é expresso como um organigrama vertical, uma relação de ramificação de cima para baixo. Neste exemplo de organograma está representada a figura do presidente, vice-presidente, vice-presidente de marketing, produção e finanças.

Organograma da Starbucks

Dentro de exemplos de organogramas, a Starbucks oferece um caso interessante. É uma das marcas mais reconhecidas mundialmente, com mais de vinte mil locais em todo o mundo.

A Starbucks tem um organograma vertical que está ancorado na figura do CEO. Com ele como eixo, as várias áreas da organização, tais como Finanças, Vendas, Produção e Recursos Humanos, estão baseadas nele. Por sua vez, estas áreas são complementadas por outras, tais como Contabilidade, Chefe de Garçons, Caixa, Gerente de Produção, Gerente de Armazém, Designer de Banco de Dados, Web Designer e Organização e Treinamento.

Esta estrutura lhes permite recriar os diversos componentes da organização, estabelecer o sistema de hierarquia e relações.

Organograma da Apple

Uma das empresas líderes em tecnologia tem que ser um dos exemplos de organogramas a serem levados em conta. A Apple baseia sua estrutura em uma estrutura vertical, a partir do CEO. Dele se destacam os cargos de CFO, CDO e COO, como a base da organização.

A partir da estrutura, outras posições ligadas às diferentes áreas da organização são implantadas. Desta forma, as relações entre os departamentos e o sistema hierárquico dentro da empresa são especificadas de forma concreta.

A importância disto ficar claro consiste no fato de que evita duplicações e inconvenientes tanto na produção quanto nas relações hierárquicas. Assim, as diversas funções de cada área são incentivadas a contribuir para os objetivos de curto, médio e longo prazo da empresa.

Sistema de organograma de uma empresa

Deixe um comentário